Trairões do Asfalto

Trairões do Asfalto

Trairões Videos

Loading...

17 de out de 2010


DA ÁGUA SUJA PARA O VINHO DE GARRAFAO

Depois da estada na cidade de Mérida, a mais bonita, elegante e tudo da Venezuela, partimos rumo a Maracaibo (a segunda maior do país), Após alguns km descendo as montanhas comecou verdadeiramente o caus. Um transito de carros velhos incrivel, tivemos que adotar a pratica de subir em calcadas, ultrapassar pela direita, coisa de loko. Na chegada em Maracaibo, cruzasse a ponte sobre o lago com mesmo nome, ponte essa com uns 10 km de distancia. Chegamos perto das 11:30 e fomos para um centro comercial para ligar para a Sra Yulai conforme combinado, a qual conhecemos ela, seus filhos e outra familia durante o passeio no salto angel. De pronto mandou nos buscar, o seu filho mais novo e já fomos para um parque aquatico (chique do urtimo), passamos a tarde na agua regados a cerveja, hehehehe. A tardinha veio ao nosso encontro todo o pessoal que conhecemos no salto. Saimos para fazer um tour pela cidade para conhecer o centro histórico e mais uns pontos turisticos. Jantamos Patacones com todo ( mais o menos um hamburguer so que em vez de pao, é platano em cima e em baixo, muito bom por sinal. Posamos na casa da Sra Yulai (muito obrigado a familia Batista e Soto, pela recepcao e passeios e nao nos deixar pagar nada, hehehehe). Na manha nao muito cedo por que nao queriamos acordar a familia para sair, deixamos Maracaibo em direcao a Maicao (fronteira com a Colombia), anda-se uns 150 km antes de chegar na fronteira, e a coisa é precaria total,  Na saida, do país do chapolin , ainda tivemos que pagar U$ 20.00 para sair, heheheheh, mas tudo bem, ganhamos gasolina de graca o tempo todo, e sem falar que a Aduana estava fechada, ai tivemos que jogar por baixo da porta os papeis da motos para eles darem baixa, se nao o fizerem azar deles, e que nos cobrem a multa por isso em Cruz Alta, hehehehehe. A papelada na entrada da Colombia, beleza pura de fazer e muito rapida, muito atenciosos, so que agora tem que pagar um seguro da moto contra terceiros, que antes nao era necessario, mas tudo bem. A coisa muda ja no primeiro km, estradas largas, limpas, sem carrocas 8 cilindros andando, e por ai vai. Só nao é a mudanca para o vinho de garrafa normal, por que como a gasolina passa a custar R$ 2.20, em vez de oitao tem moto, mas moto, e mais motos, tudo da marca Bajaj, A quantidade de motos é absurda, tipo formiga, saem de todos os cantos, hehehehehe. Acabamos por chegar em Cartagena de las Indias, a tarde, nos hospedamos na beira mar, mas em um hotel meia boca, hehehehe, a coisa aqui agora passa a ser como no Brasil os precos. Na noite demos uma banda na fortaleza do centro historico, o negocio é show de bola, Como aqui a cultura muda em relacao aos nossos vizinhos de cima, as motocas chamam atencao, das pessoas que gostam. Fomos abordados por um Colombiano que mora perto de Medelin, e ja fomos convidados para dormir na sua fazenda e comer um assado, isso na segunda feira, vamos ter que ir, hehehehehe. Hoje vamos ficar por aqui, o Joao foi passear de barco e mergulhar, eu fiquei pela cidade para conhecer e depois ir na praia.

Mérida - Maracaibo 455 km
Maracaibo - Cartagena/Colombia 705 Km

Total 9078 Kms

Um comentário:

Bulezito disse...

Os Trairões na Locombia... hihihihiihihihihi
Abraço ae meus amigos.