Trairões do Asfalto

Trairões do Asfalto

Trairões Videos

Loading...

6 de nov de 2010


LAGO TITICACA E ESTRADA DA MORTE

Com a mimosa de pneu novo (pirelli scorpion e corrente DID japan de competicao), largamos cedo em direcao a Puno, tempo aberto, com muito sol, porem frio, pois estamos entre 3800 mts as vezes passando por 5040 mts, mas a viagem com tudo em ordem foi uma beleza, no entanto que perto de Puno em Juliaca chegamos as 10 e pouco. A cidade uma confusao jamais vista, motos, bicilcetas, muambas para todos os lados. Ao cruzar pela cidade encontramos uma agencia Yamaha, e decidimos trocar as pastilhas de freios traseiras, que nao existiam mais, porem como isso aqui é raro, o mecanico tirou e mandou vulcanizar as mesmas, ficamos por ai e almocamos ate ficar pronto o servico e tambem trocamos oleo e deixamos as mimosas zeradas novamente. Na meia tarde chegamos por Puno. Nos hospedamos perto do porto e saimos desbravar a cidade, primeiro de mototaxi (tuc tuc) que o joao queria andar e depois de bike que carrega dois na frente tipo na india, hehehehe, muito legal. Agendamos nosso passeio e na manha seguinte um taxi veio nos buscar. Chegamos no porto e de barco a 15 por hora fomos lago a dentro para visitar as ilhas flutuantes de Uros, que sao feitas de Junco ou como eles chamam aqui (totora), nesse dia 05 é comemorado na cidade a cerimonia do Manko Kapac e da Mana Ollo, que foi o casal Inca, o qual o Deus Sol criou para dar origem a civilizaçao Chechua, (essa a lenda dos Incas), Desde ai entao eles surgiram na ilha do Sol no meio do lago titicaca, e dai sairam nos barcos de totora para a terra firme em direcçao a Cuzco para dai sim formar o império Inca, E nesse dia tem toda a cerimonia com pessoas representando todo o processo desde essa ilha ate a terra firme, o qual cruzamos por eles com nosso barco, muito interessante ( viagem de moto tambem é cultura). Na ilhas de capim, obtivemos uma aula do guia, de como sao feitas e etc, na volta pegamos as motocas, almoçamos o tradicional pollo, salada e papas fritas, e pau nas magrelas para fazer a fronteira por copacabana, Na fronteira, só nos, muito rapido a saida do Peru, mas os policias tentiaram uns pilas para reformar a sede deles, mas nao levaram, hehehehe. Na bolivia, muito simpaticos e rapidos, tudo pronto, muda fuso e acresce uma hora a mais e decidimos por ficar em Copacabana, hotel 4 estrelas de frente para o mar, opa para o lago titicaca (o lago mais extenso e alto navegavel no mundo). Conhecemos ai dois casais um da belgica e outro da alemanha que estao viagem de Motorhome tipo as Van, e estao fazendo toda panamericana e depois vao deixar as vans no uruguai para ano que vem voltarem e fazer Brasil, vao passar por Cruz Alta. Depois do mega cafe primeiro na viagem incluso na diaria, heheheh, metemos pau até La Paz, passamos pelo estreito de Tikina pelas balsas e pau nas magrelas, as 11:00 ja tinha-mos passado o caus de La Paz e almoçamos sentados na estrada um frango frito com batatas ao vapor com casca tudo dentro de uma sacola plastica, hehehehe. Após subimos mais um pouco a cordilheira e descemos em direçao a difamada estrada da morte. Entramos na mesma, rodamos uns 15 kms e da morte nao tem nada, muito papo dessa estrada e pouca açao, da morte é sim a do canion del pato e para subir para portachuelo, isso sim é da morte. Descemos mais uns Kms e decidimos subir tudo novamente por ela mesmo para ver se tinha mais emocçao, e nada, chegamos no aslfalto e pau em direçao a Oruro, estrada boa, muito vento, polvadera de apá e nada de vegetaçao. E por aqui nos quedamos.

Cuzco - Puno 396 kms
Puno - Copacabana (Bolivia) 155 kms
Copacabana - Oruro 586 Kms

Total 15837 Kms

Um comentário:

viagemdemoto.com disse...

Fantástica a viagem de vocês, as paisagens magníficas compensam os desafios e as dificuldades enfrentadas. Parabéns.

Coloquei no meu blog um post sobre a viagem de vocês. Espero que não se importem.

http://www.viagemdemoto.com/2010/11/viagem-de-moto-pelo-norte-brasil-e.html