Trairões do Asfalto

Trairões do Asfalto

Trairões Videos

Loading...

3 de nov de 2010


LINEAS DE NAZCA Y IMPERIO INCA

Como estamos um pouco adiantados no planejamento, resolvemos dar uma esticatinha pela noite em ICA, tomamos umas cevas a mais e acabamos por dormir meio tarde, por consequencia acordamos as 08:00 somente. Recolhe equipamentos monta as motocas e na saida da cidade fomos em direcao ao Oasis que esta perto da cidade, por sinal o unico nas Americas. Esta a uns 5 km da cidade e realmente é bonito, dunas enormes de areia e numa baixada no meio do nada esta este lago, com muita vegetaçao em sua volta, e por sinal tambem um requintado complexo turistico, vale a pena dar um tempo ai de uns dois dias, para refrescar a cuca. Uma apertada nos aceleradores mas nao muito por que a XT do joao esta com problemas na corrente e dai a coisa ta feia, mas conseguimos chegar em nazca antes do meio dia ainda, Contratmos o voo, caro para caralho, quase desistimos, mas como fomos ai só para olhar as famosas linhas, metemos bronca, mas nos tomaram U$ 90.00 por 40 minutos desde a decolagem ate a aterissagem do passaro, heheheh. E para falar a verdade o negocio para nos foi decepcionante, esperavamos uma coisa mais monstruosa, com relaçao a tamanhos, mas nao podemos desmerecer, por que pela epoca  em que foram feitos e da forma a coisa é muito louka mesmo. Nao podemos deixar de relatar que encontramos dois americanos viajando em duas Kawa KLR, na real desde que entramos no Peru na fronteira com o Ecuador sabiamos que na nossa frente estavam eles dois, pois o policial aduaneiro do Peru nos comentou. Mas por fim estavamos almoçando no centro de Nazca e os dois viram as motocas estacionaram e almoçamos juntos. Nos despedimos e fomos fazer o voo que comecou as 14:30 e os gringos partiram em direçao a Cusco. Encerrados os trabalhos das linhas de Nazca partimos em direçao a Cusco tambem, porem ja sabiamos que iriamos somente ate Puquio, chegamos por la de noite, a estrada sob os andes com curvas que chega a dar nojo, ainda bem que muito sinalizada, ate por que o joao nao encherga de noite, hehehehe. Nos hospedamos e fomos jantar e encontramos nossos amigos gringos novamente, estamos no mesmo caminho, mas nos encontramos somente nas cidades. No intuito de chegar ainda pela manha em Cuzco por termos adiantado um pouco no dia anterior, metemos roupas de frio, lavamos a corrente do joao com oleo diesel novamente, e mandamos braza, porem a viagem foi um martirio, sob e desce os andes, tira e coloca roupas de frio, paramos 2x para abastecer e mais duas para lavar a corrente do joao e lubrificar com spray, sem falar que nao podia acelerar, e quase chegando em Cuzco chuva  de pedras e depois chuvas normal, mas conpensou pelas paisagens e pelas manadas de Alpacas soltas pelos campos. Mas enfim chegamos de arrasto mas aqui estamos, tentamos encontrar o hotel indicado pelo Matheus, mas o mapa da mina esta mal e nem os policias encontraram, mas tudo bem achamos um bom na praça Sao Francisco com otimos precos. Na mesma noite ja saimos e reconhecemos todo o entorno, heheheh, conhecemos a Ruti, uma agente de turimo, muito atenciosa por sinal. (http://www.inkaquest.com/) a qual nos vendeu o passeio para o  Vale sagrado dos Incas e o passeio no Titicaca, bem como se propos a nos guiar-nos pela cidade apé no outro dia pela manha para mostrar os pontos importantes e construçoes Incas e sua  real história. Fizemos um passeio/aula de 3 horas e agora sabemos tudo desses povos daqui, hehehehe. Mas essa história so pode ser repassada com um bom churrasco e cerveja, sao informaçoes dificeis de serem encontradas, hehehehe. Até por que para quem acha que Machu Picho é o auge,,ta muito engando é apenas um lugar que è vendido mundialmente, e a real história e lugares estao em Cuzco e seus arredores como Pizaq e Ollantaytambo. Na mesma tarde achamos uma agenica da Honda e mandamos a mimosa do Joao para trocar a corrente e ganhar uma llanta traseira nova. Mais uma banda pelo centro historico e comprar alguns souvenirs e para cama, para ao amanhecer sair de Bus para o passeio pelo Vale Sagrado dos Inkas, Passeio de dia inteiro e conhecer sitios historicos muito mais importantes na historia, como Pizaq que era uma cidade Inka nas montanhas com 4 bairros e dedicada a agricultura, Ollantaytambo, outra cidade que mantem 70% das casas ainda em construçoes Inkas e dedicada a astronomia, e mais alguns povoados. Chegamos na noite em Cuzco, ligamos para Honda e fomos buscar a motoca do joao, ficou bonitinha e amanha cedo em direçao a Puno. 
Ica - Nazca  170 Kms
Nazca - Puquio 155 km
Puquio - Cuzco 475 Km

Total 14700 Kms

Nenhum comentário: